4 dicas para animar os looks de trabalho

Montagem com duas fotos lado a lado. Na primeira foto, à esquerda, uma mulher com tranças rosas longas está parada em frente a um estacionamento de motos com o celular na mão e as pernas cruzadas. O look é composto por terno laranja com estampa de animal print, tênis preto esportivo. Foto 2, à direita, uma mulher de cabelos presos está parada em frente a uma escadaria bege. O look é composto por camisa branca, calça de alfaiataria cinza cropped com botões na cintura. Logo abaixo das fotos, está a frace "office look poderosíssimo"

Tem achado os looks de trabalho meio sem graça por aí ou está precisando daquele empurrãozinho pra refrescar a mente e criar combinações mais criativas? Esse post é para você!

Nesses muitos anos de blogosfera e jornalismo de moda, dicas para inovar no office look é um assunto que sempre rende. Os motivos são vários: passamos mais tempo no trabalho do quem em qualquer outro lugar – exceto nesse 2020-21, em que escritório e casa acabaram se fundindo para muitas de nós -, queremos passar uma imagem de credibilidade e, por vezes, temos de nos adaptar a um dress code completamente imposto. Se identificou? Então segura na minha mãozinha e vem descobrir 4 dicas que vão te ajudar a virar o jogo!

Você não precisa se fantasiar de executiva

Montagem vertical com quatro fotos dispostas em duplas, duas em cima, duas embaixo. No canto superior esquerdo está o poá amarelo para decorar. Foto 1 (à esquerda): uma mulher com cabelos castanhos presos em coque baixo está posando em frente a um estacionamento de táxis amarelos. O look é composto por slip dress branco, rasteira bege, blazer oversized bege com listras brancas e bolsa nude. Foto 2 (em cima, à direita): uma mulher com black power castanho está caminhando em frente a um prédio branco sorrindo para o celular com o celular amarelo. O look é composto por regata branca, calça de alfaiataria bege, cinto esportivo preto, tênis branco e preto esportivo e blazer preto. Foto 3 (embaixo, à esquerda): uma mulher com cabelos castanhos na altura dos ombros ondulados está em frente a um prédio com vigas brancas. O look é composto por camisa branca com fundo transparente com poá branco e gola laço, calça de alfaiataria bege com cintura alta, bolsa preta. Foto 4 (embaixo, à direita): Uma mulher loira de cabelos lisos longos está em uma rua lotada. O look é composto por um vestido mídi de manga longa com estampa de zebra branca e preta, bolsa preta e sandália de tiras finas preta.

Esse é o ponto principal para começar a desmistificar os visuais profissionais e encontrar a nossa própria forma de vestir. Então, vamos fazer um exercício bem rapidinho: fecha os olhos dois segundos e pensa em uma business woman poderosérrima, numa sala de reuniões daquelas de filme.

aqui pode aparecer um anúncio! 👇 carregando...

Pensou? Por acaso ela estava todinha trabalhada na alfaiataria de tons neutros, make impecável e joias discretas? Pois é. Essa é uma das imagens mais recorrentes no nosso imaginário, construído por séries, filmes e por uma ideia implícita de que uma mulher poderosa precisa se aproximar ao máximo do visual masculino de sucesso – que nada mais é do que um terno sem graça.

Montagem vertical com quatro fotos dispostas em duplas, duas em cima, duas embaixo. No canto superior esquerdo está o poá amarelo para decorar. Foto 1 (à esquerda): uma mulher loira com cabelos ondulados na altura no peito está parada em frente a uma porta pintada colorida. O look é composto por blusa branca com os ombros em tule branca, calça de alfaiataria pantalona branca e bolsa caramelo. Foto 2 (embaixo, à direita): uma mulher com cabelos castanhos lisos está parada em frente a um prédio branco e chão de mármore. O look é composto por terno preto, camiseta, mule preto envernizado. Foto 3 (embaixo, à esquerda): uma mulher com tranças presos em um rabo de cavalo longos está caminhando em uma rua desfocada ao fundo. O look é composto por terno risca-de-giz azul-marinho. Foto 4 (embaixo, à direita): uma mulher com cabelos presos divididos está parada em frente a uma escada bege. O look é composto por camisa branca com mangas assimétricas, calça de alfaiataria xadrez cinza e botões na região da cintura.
Seria algo mais ou menos isso aqui? Talvez. E vale destacar que não tem nada de errado com esses looks, mas existem muitas formas de ser e estar no mundo corporativo.

E ter esse referencial é ruim? Depende. Se você não é tão clássica “na vida real” ou não usaria nem de longe essas peças fora do trabalho, se vestir pode se tornar uma tarefa frustrante ou tediosa. Isso porque a gente vai encarar o espelho e não reconhecer o reflexo. Eu já caí nessa cilada e acabei com dois blazeres quadradões, que posso contar nos dedos as vezes que usei, porque me sentia fantasiada de adulta.

Se identificou com essa história e quer encontrar os seus essenciais? Comece pensando no que mais gosta na sua personalidade e em quais peças fazem sentir 100% você. É a partir dessas duas informações – e de bons testes – que os looks de trabalho repaginados vão começar a nascer.

aqui pode aparecer um anúncio! 👇 carregando...

As peças possuem infinitas versões

Montagem vertical com quatro fotos dispostas em duplas, duas em cima, duas embaixo. No canto superior esquerdo está o poá amarelo para decorar. Foto 1 (à esquerda): Marcie está posando em frente a uma cristaleira marrom com as mãos na cintura. O look é composto por camisa amarela com gola laço e poá branco, calça de alfaiataria pantacourt com estampa xadrez vichy amarela e branca e sandália dourada. Foto 2 (em cima, à direita): Marciele está de lado em frente a uma parede de tijolinhos laranja. O look é composto por camisa alongada listrada azul e branco, calça de alfaiataria de barra curta e mule branco com salto redondo de madeira. Foto 3 (embaixo, à esquerda): Marcie posa em frente em uma parede branca, com um vaso de margaridas ao lado. O look é composto por camisa azul, calça de alfaiataria xadrez marrom de barra curta, cinto azul máxi e mule vermelho. Foto 4 (embaixo, à direita): Marcie posa em frente a um sofá cinza com quadros. O look é composto por camiseta branca, camisa branca oversized usada como quimono, calça de alfaiataria cinza de lã pantacourt, scarpin animal print de cobra e bolsa de madeira.

Depois de responder as perguntas da dica anterior, chegamos nesse conselho que até pode parecer óbvio, mas não é! As peças possuem uma infinidade de interpretações, com incontáveis cores, estampas, tecidos, modelagens, tipos de bolsos, mangas, golas, alturas de cintura, pregas, detalhes especiais e assim por diante.

Usemos a foto acima como exemplo. Todos os looks são compostos por camisa + calça de alfaiataria. Ao mesmo tempo, não poderiam ser mais diferentes uns dos outros graças aos tons e modelagens das peças. Ao entender isso, um leque de possibilidades se abre, mesmo para quem precisa seguir um código de vestimenta mais rígido. Você até pode precisar usar terno todo dia, mas não quer dizer que precisa ser um visual boring.

Montagem vertical com quatro fotos dispostas em duplas, duas em cima, duas embaixo. No canto superior esquerdo está o poá amarelo para decorar. Foto 1 (à esquerda): uma mulher com cabelo raspado castanho. O look é composto por terno com estampa étnica laranja, preto e vermelho, com camisa gola laço vermelha. Foto 2 (em cima, à direita): uma mulher com black power amarelo posa em frente a uma porta marrom. O look é composto por um terno azul bebê, camiseta branca, tênis branco e bolsa míni branca. Foto 3 (embaixo, à esquerda): uma mulher com tranças atravessa a rua vazia. O look é composto por terno oversized ocre, scarpin preta e bolsa laranja. Foto 4 (embaixo, à direita): uma mulher loira com cabelos presos e óculos preto. O look é composto por terno xadrez cinza, camisa branca e tênis branca.

Tenha fluência no seu armário

Como em qualquer idioma, a fluência no vestir vem da prática e de ampliar o vocabulário. Assim, tire umas horinhas para brincar e redescobrir o seu armário. Primeiro, vamos testar novas combinações. Escolha uma parte “segura”, com a qual você se sinta confortável e linda. Depois, combine-a com tudo o que tiver disponível. Espia só!

Montagem vertical com quatro fotos dispostas em duplas, duas em cima, duas embaixo. No canto superior esquerdo está o poá amarelo para decorar. Foto 1 (à esquerda): Uma mulher com cabelos lisos em californianas na altura do ombro está em frente a um muro cinza. O look é composto por camisa branca com mangas dobradas, calça de alfaiataria clochard com cinto bege, bolsa marrom e scarpin chanel bicolor. Foto 2 (em cima, à direita): duas mulheres estão em uma rua, com muro de pedra ao lado, olhando para a câmera. A primeira usa uma camisa oversized e calça animal print e tamanco vermelho. A segunda usa óculos com armação branca, camisa branca, saia lápis estampada bege e tênis da nike. Foto 3 (embaixo, à esquerda): Uma mulher com cabelos descoloridos presos está em um parque vazio. O look é composto por camisa branca de mangas bufantes, usada embaixo de um corset preto, calça de alfaiataria xadrez mostarda e vermelho e bolsa laranja. Foto 4 (embaixo, à direita): uma mulher loira com cabelos lisos na altura do ombro está sorrindo em frente a uma parede de vidro. O look é composto por camisa branca, saia mídi plissada verde, branca e azul, e sandália prateada de tiras finas.

Vamos supor que a camisa branca seja a sua curinga. Experimente-a com aquela calça que você ama e com a que menos usa. Com cores parecidas e bem diferentes. Com uma saia mídi, seja estampada, colorida ou neutra. Com uma bermuda. Com um vestido por cima. Com um presente que nunca usou. Experimenta com tudo, mesmo o que parece sem sentido, e vai se vendo no espelho, entendendo o que gosta e o que não agrada. Tenho certeza que você vai se surpreender com o resultado e, fica a dica de fotografar os sucessos pra usar muito no futuro.

Ah! Se quiser mais dicas de como apimentar a camisa branca, aqui tem um post com 22 looks.

Montagem vertical com quatro fotos dispostas em duplas, duas em cima, duas embaixo. No canto superior esquerdo está o poá amarelo para decorar. Foto 1 (à esquerda):  uma mulher com cabelos chanel lisos castanhos está em frente a uma porta cinza. O look é composto por cropped branco, saia plissada assimétrica cinza com branco, blazer oversized cinza com mangas dobradas, bolsa preta, cinza e branca e sandália preta de salto alto. Foto 2 (em cima, à direita): uma mulher com cabelos longos presos está parada em frente a um prédio em construção. O look é composto por vestido rosa chemise usado como blusa com botões abertos até a cintura, calça pantalona amarela, sapato branco e bolsa verde de couro croco. Foto 3 (embaixo, à esquerda): uma mulher com cabelos cacheados está parada em frente a um prédio com a mão na cintura. O look é composto por vestido mídi de manga longa, com fenda na frente e fundo branco com estampa preta. Foto 4 (embaixo, à direita): uma mulher com cabelos castanhos curtos presos em um rabo de cavalo caminha de lado em frente a um estacionamento. O look é composto por camisa branca oversized para dentro da calça, calça acetinada amarela, listrada azul-marinho e branca.

A segunda parte de olhar o armário com cuidado é perceber o que está fazendo falta. Isso porque a gente costuma comprar muito mais roupa para ocasiões especiais e depois fica com um armário de trabalho capenga. Sente falta de uma peça tchãn, pra animar os básicos? Um neutro para equilibrar tudo de exuberante? Uma calça? Um blazer? Vai anotando em uma lista, para tornar as próximas compras certeiras.

Se os códigos existem, brinquemos com eles

Essa é minha dica preferida para fugir do óbvio. Misture o que está posto como “peça de trabalho” com outras completamente opostas. Um item de festa. De final de semana. De almoçar com a família. De show. E assim por diante. Juntas, essas “opostas em circunstância” podem criar visuais pra lá de interessantes.

Montagem vertical com quatro fotos dispostas em duplas, duas em cima, duas embaixo. No canto superior esquerdo está o poá amarelo para decorar. Foto 1 (à esquerda): uma mulher com cabelo black power está em frente a uma parede de madeira. O look é composto por camiseta branca com estampa floral e nó na cintura, saia mídi acetinada salmão, scarpin fúcsia e bolsa de palha. Foto 2 (em cima, à direita): uma mulher com cabelo black power está sorrindo sentada em um banco. O look é composto por camiseta verde, calça xadrez azul, scarpin pink e blazer verde menta. Foto 3 (embaixo, à esquerda): uma mulher com cabelos castanhos na altura do ombro está em frente a um muro verde. O look é composto por uma camijsa branca, calça de alfaiataria pantalona com estampa animal print e bolsa de palha. Foto 4 (embaixo, à direita): uma mulher com cabelos loiros caminha em uma rua, com um portão de ferro prateado. O look é composto por camiseta branca, blazer cinza, saia lápis metalizado lilás, scarpin preto e bolsa preta.

Seja o blazer clássico com calça de pijama, a camiseta de banda com terno, a calça estampada com camisa branca, o vestido com tênis ou tudo mais o que a sua imaginação não associaria de primeira, mas agora está tentada a apostar. Jogue com os opostos e visuais divertidos estão garantidos!

Montagem vertical com quatro fotos dispostas em duplas, duas em cima, duas embaixo. No canto superior esquerdo está o poá amarelo para decorar. Foto 1 (à esquerda): uma mulher está andando em uma rua lotada com foco. O look é composto por camisa branca com babados na gola e manga bufante, calça de alfaiataria bege e correntes dourada. Foto 2 (em cima, à direita): uma mulher está centralizada na foto, com o rosto sem aparecer. Se percebe uma série de colares dourados com pérolas, anel dourado, camiseta cinza e blazer xadrez. Foto 3 (embaixo, à esquerda): uma mulher loira com cabelos presos lisos está em frente a um estacionamento de carros. O look é composto por óculos escuros, brincos argolas largas, vestido creme com tiras finas e cinto largo marrom com fivela dourada. Foto 4 (embaixo, à direita): uma mulher com cabelos longos castanhos posa fazendo sinal de paz e amor em frente a um prédio em construção. O look é composto por máxi argolas, óculos espelhados rosa, blusa branca com renda, calça caramelo, bolsa animal print e jaqueta estampada.

É ousadia demais pro seu paladar fashion ou ambiente de trabalho? Vamos desacelerar, deixando a irreverência por conta dos acessórios, sapatos, bolsas ou detalhes de impacto nas peças. Algumas sugestões são um cinto com tachas ou fivela marcante, um brincão estelar que roube suspiros, um mix de colares bem especial, uma manga bufante ou assimetria inesperada.

Bom, é isso! Espero que as dicas sejam úteis para apimentar as coisas por aí e acredito que vale destacar que criar looks que sejam a sua cara realmente dá um pouquinho de trabalho. Não é copiar igualzinho as influencers ou referências do Pinterest, mas parar para se ouvir e entender. Mas, pode ter certeza, todo o esforço compensa.

Foto de cena do filme "O diabo veste prada". Miranda está de pé de terno preto, camisa branca e cinto vermelho está olhando para a Andrea, que está sentada com um vestido preto, scarpin preto e camisa branca.

E é justamente para ajudar você a testar novas combinações, que essa semana será temática de trabalho aqui no blog e, também, no meu Instagram. Eu vou propor desafios e trazer ainda mais referências para a gente pensar em como fazer as composições do nosso jeito – e vou amar ver as produções que você vai montar por aí. Se anima? Então posta sua fotinho ou stories e me marca @marciegott. Eu vou ficar muito feliz de ver.

Você também pode gostar:

Loading...Loading...Loading...Loading...