"text"

We Don’t Talk Anymore

agosto 3, 2016 8:52 pm

Então você finalmente entrou no curso dos sonhos. Você não faz ideia do quanto eu fiquei feliz ao passar na frente da sua casa, atrasado como sempre, e ver aquela faixa ridícula de ‘bixo’ com uma das suas piores fotos e aquelas frases bregas. Até pensei em parar, te chamar e dar um abraço. Comemorar... Ver Mais

Ink

maio 11, 2015 2:40 pm

Ainda deve ser madrugada. Seu corpo está em cima do meu, com o máximo de partes enlaçadas possível (acredite, eu contei quantas poderiam e temos um recorde), sua voz está rouca, baixa, e, principalmente, em meu ouvido, reclamando que não estamos perto o suficiente. Eu sorrio. Mesmo que precise acordar cedo. Mesmo que você esteja... Ver Mais

The Hardest Part

fevereiro 26, 2015 11:28 pm

Suas malas estão na porta que, não por acaso, já está aberta. Eu abri a porta! Sim! Eu. Sem nem me importar no quanto a casa vai ficar vazia. Na verdade, me pergunto se algum dia, desde que você apareceu, ela já esteve cheia. Você nunca foi de ocupar espaço, sentava com sua bebida em... Ver Mais

After Sunrise

janeiro 15, 2015 1:55 am

O aeroporto está lotado. Meu vôo está prestes a sair. Pessoas correm em direção às suas famílias e amigos com lágrimas nos olhos. Pessoas caminham com expressões preocupadas, celulares que nunca param e ternos impecáveis. Impermeáveis. Eu? Eu sigo aqui sentado, com a mala cheirando ao seu vinho tinto e a camisa manchada por seu... Ver Mais

Born To Die

outubro 27, 2014 9:02 pm

Minhas pernas já não fazem muito sentido, cada uma parece querer ir para um lado, ironicamente, como eu. Enquanto pago todo o mar que bebi hoje, secretamente espero que você esteja em casa, para me receber com um beijo na testa e me colocar no chuveiro, depois na cama, enquanto mexe em meu cabelo e... Ver Mais

Antes de comprar o bilhete

setembro 24, 2014 11:54 pm

É oficial. Sua camisa está bagunçando minha pilha de roupas pra semana. Enquanto você dorme ocupando o espaço de três pessoas em minha cama, vejo o sol batendo em suas pintinhas das costas e sei que chegou o momento de te dizer algumas coisas. Talvez até já tenha dito, mas você, com esse sorriso bobo... Ver Mais

2.0

maio 16, 2014 7:33 pm

Calma, coloca a água pra esquentar, pega o chá verde e a caixa de chocolates. Sim, dá tempo de colocar a coletânea de Coldplay pra tocar nesse seu novo player que acha os artistas mais fantásticos de cada canto do planeta (que continuam não sendo melhores que seus clássicos). É, ‘taí’, os vinte. Duas décadas.... Ver Mais

What we know

abril 27, 2013 12:47 am

Não adianta desviar o olhar, e nem ouse tentar me desconversar, nós nos conhecemos muito bem para essas brincadeirinhas. Aliás, nos conhecermos tão bem sempre foi razão para você se orgulhar e se sentir tranquila. Fala pra mim, você se apaixonou de novo, não se apaixonou? Sua idiota. Eu sabia! Pelo menos me diz que... Ver Mais

The mess I made

abril 16, 2013 4:09 pm

Oi. Pois é, quem diria que algum dia começaria uma conversa com você de uma forma tão trivial. Você não devia ser trivial, querida, me desculpe. Sejamos diretos então, sei que estraguei tudo. Tudo que éramos, tudo que poderíamos ser… sinto tanto, mas tanto, que meus números (que sempre brigaram com suas letras) não são... Ver Mais

O último dia

fevereiro 15, 2013 5:22 pm

A cabeça doía, o vestido da noite passada ainda estava no corpo, porque tinha saído com aquelas pessoas e com quais tinha voltado pra casa eram duas perguntas para serem feitas mais tarde, depois de um café quente e sem açúcar, ou de cereal com leite gelado, como ele tinha ensinado. Na época ela riu,... Ver Mais