"crônicas"

4 anos

dezembro 13, 2012 4:38 pm

Agora é confirmado, acabaram nossos quatro anos. Ainda consigo me lembrar de nós, chegando em um ‘mundo desconhecido’, sem nossos antigos amigos, sem confortos, apenas esperando que passar um tempo legal ali. Com o tempo, alguns eram mais íntimos que outros, se formaram os grupinhos, as piadas… Trocamos de grupo, de jeitos de vestir e principalmente... Ver Mais

Your favorite song!

outubro 18, 2012 6:27 pm

Tem vezes que se a gente parar e ver onde está se surpreende, os planos de três anos atrás já não fazem mais tanto sentido, os lugares que antes eram os melhores já ficaram para trás, substituídos por novos, bandas sumiram, bandas apareceram, trocamos o cabelo, a maquiagem, pessoas, amores… nos reinventamos! Ao mesmo tempo,... Ver Mais

I’m yours

outubro 2, 2012 4:49 pm

É engraçado como certas pessoas e situações acontecem de repente, quando a gente menos espera e mesmo assim acabam marcando. Eu estava lá, em uma nova cidade, com alguns amigos e cercada de novas pessoas, esperando me divertir com elas e aproveitar os três dias de – merecido – descanso. Você já estava lá há... Ver Mais

Sem título…

junho 25, 2012 9:56 pm

Eu sou complicada. Sempre fui, na verdade. As escolhas mais improváveis baseadas nos argumentos mais inexplicáveis, observadora e apaixonada por detalhes e, em um desses detalhes, te encontrei. Talvez tenha sido a fofurisse mesclada com leves momentos de brabeza (que acabavam com: “eu não tô brigando.”), ou o seu jeito meio totalmente desengonçado que se... Ver Mais

Se apaixonar todos os dias

maio 23, 2012 9:12 pm

Se eu pudesse dar uma dica sobre o presente/futuro seria: use filtro solar se apaixone. Quando nos apaixonamos nos sentimos vivos, com aquele clichê friozinho no estômago só de pensar nas possibilidades que poderíamos ter se… Possibilidades, é isso que move o mundo, os finais felizes não são tão legais quanto os conturbados e inesperados... Ver Mais

Mais uma vez você

dezembro 24, 2011 2:54 pm

As minhas mãos ainda tremem. Olho para as unhas que eu tinha feito antes de sair e que agora não passam de restos. Ligo a TV, o player de música, o ventilador barulhento, tudo que possa silenciar o meu pensamento que dá voltas e mais voltas no mesmo ponto: você, eu e como você pode... Ver Mais