Red Carpet: Grammy 2014

janeiro 27, 2014 6:48 pm

Grammy (1)Enquanto ainda sigo revoltada por alguém achar Unorthodox Jukebox mais digno de prêmio do que The 20/20 E pela falta de Mr. Timberlake no evento de ontem, chegou aquele momentinho mágico (ou nem tanto considerando as razões já explicadas acima) de comentar o que rolou no tapete vermelho do Grammy na noite passada. Sinceramente achei tudo meio boring, faltou ousadia &alegria. Começando por um modelo que inicialmente não tinha gostado, mas que pela falta de opções se tornou agradável, Kacey Musgraves apareceu com esse vestido todo bolo/princesa brilhante. Simpático. Já Skylar Grey se arriscou um pouco mais com esse modelo em couro, ajustado no corpo, bonito, melhor ainda sem o recorte abaixo do peito, mas a vida tem dessas coisas. E eis que Katylucia Maria Perry chega toda trabalhada na tule e nas notas musicais e se torna a surpresa da noite. Linda! Provavelmente uma das únicas que seguraria esse look e, por isso, um dos meus looks favoritos pra vocês verem como estava a noite.

Grammy (2)

Seguindo com modelos claros, Paris desfilou toda ousada e transparente nesse modelo branco, achei as aplicações e bordados meio kit de miçangas e cola quente faça você mesmo, mas com o make, penteado e postura, ornou (e é isso que importa). Sara é diva fofolete então nada mais justo que um vestido meiga fofolete. Beyoncé (que ingeriu da poção magérrima) é mais um caso de modelo que poderia pesar para muita gente, mas ficou linda, combinou com o tom de pele, com o cabelo ‘lavei e secou assim’…

Grammy (3)Do branco para os PBs, ou nem tanto, como esse modelo/capa de Kelly. Achei o modelo super rainha poderosa gótica, embora esse novo corte de cabelo tenha ficado um pouquinho pesado demais para o meu gosto. Cyndi Lauper é Cindy Lauper e achei o look bem a cara dela. Agora, Zendaya, confesso que nem sei quem é você, mas achei o look um amorzinho. Inicialmente detestei, mas olhando atentamente acabei me apaixonando, parece tão fluído e uma tentativa, sempre bem vinda, de não ser tão óbvia tradicional.
Grammy (4)

Seguindo na combinação de preto e azul, Alicia Keys. Gostei não. Anna Faris na tendência do menos é mais, mas, no caso, forte candidata a passar despercebida. E, embora as fotos não tenham feito jus ao modelo, Bonnie estava lindíssima, com o vestido contrastando perfeitamente com os tons em degradê de seu cabelo.

Grammy (5)

Amo vestidos vermelhos, amo Pink. Sendo assim os dois juntos eram a combinação perfeita, certo? Sim, tirando esse cetim vermelho desnecessário. Até Giulianna que geralmente tomba com as amiguinhas não me convenceu com esse modelo rendado. Agora Colbie com o tom de vermelho mais lindo de todos, tombante, divante ~aplausos~. Acho que ficaria muito mais bonito sem aquela gola e manga, mas um pouco de drama é sempre muito bem requisitado, estrelinha pra ela.

Grammy (6)

Agora pausa para Ciara toda mamãe meiga brilhante fofura, cara de saudável e feliz!!! Todo mundo sabe da dificuldade de se vestir para festas durante a gravidez (eu, na verdade, não sei), mas olha como ela faz parecer fácil? L I N D A! E perdoada pelo passado. Christine tão poderosa, brilhante, sexy e sereia que nem preciso falar mais nada. Agora, Taylor não me matem please: não achei nada demais não. O pessoal morreu, sapateou, esperneou com esse vestido, é bonitinho, clássico, Barbie, mas como look não me convenceu, pode ser o penteado, ou essas manguinhas, mas tem alguma coisa faltando aí…

Grammy (7)

Pulando para as meninas que querem mostrar um pouquinho mais de perna começamos com Rita Ora. Rita para mim sempre parece tão ousada, mas dessa vez pro lado ruim da força. Achei o modelo interessante, mas para outro dia, não para um Grammy, já o make, simplesmente adorei. Já Ariana é prova viva de que um modelo mais curto pode ser perfeitamente apropriado para um evento mais ‘tradicional’. Sobre Nancy nem quero falar é nadinha.

Grammy (8)

Falando sobre produções que a gente não precisaria falar lá vamos para as piores da noite. Kaya Jones eu tô vendo seu umbigo escolheu um modelo abusando das transparências, do couro, do decote e das fendas, TUDO AO MESMO TEMPO! A foto fala por si, certo? Natasha e seu dress laranja foram pelo caminho oposto no que se trata de mostrar o corpo, mas nem por isso se salvaram. E o que dizer de Nadeea Volianova? Olha, juro que não entendi é nada.

imagine dragons

E como nem só de Girls vive esse blog também tem os meus amigos meninos que me amam os meninos LINDOSSS do Imagine Dragons são dica de como vestir terno sem parecer uniforme. Seja uma camisa com estampa sutil, um detalhe no blazer ou a própria cor do terno, dá para imprimir individualidade nesse pesadelo de 9 entre 10 garotos e paixonite nossa.

É isso, meninas. E vocês, gostaram dos looks ou acharam tudo meio normalzinho demais? Pra mim faltou uma Riri pra tombar com todo mundo.

Texto: Marcie



Categoria: